Bizarro, Mistérios

Creepypasta: “I Feel Fantastic”: a grotesca história de Tara, a androide

Os mistérios mais bizarros e sinistros sempre levantam teorias inflamadas na internet após o surgimento de conteúdos mais misteriosos ainda em áudio ou vídeo (como os clássicos “SUICIDEMOUSE.AVI” “BOW WOW SAD TOY DOGS.WMV“, também abordados no site), mesmo por meio de imagens (como “SMILE.DOG“), ou histórias envolvendo jogos e outras formas de entretenimento (como os games “LSD: Dream Emulator” e as rom hacks “SONIC.EXE” e “MARIO“), com segredos macabros, ou ainda a obra toda com uma aura obscura. Um destes grandes mistérios ronda um vídeo muito estranho intitulado “I Feel Fantastic“, no Youtube. O conteúdo tem perturbado pessoas pelo mundo inteiro devido aos sons extremamente desarmônicos e a presença de uma figura  muito intimidadora: Uma manequim (ou androide, se preferir) chamada Tara.

O primeiro registro do vídeo mostra um upload realizado para o YouTube no ano de 2009 pelo canal Creepyblog. O canal existe até hoje e angariou mais de 26 mil assinantes, mesmo possuindo o vídeo “I Feel Fantastic” como seu único registro desde a data citada anteriormente. Possui mais de 14 milhões de visualizações.

O vídeo foca em uma criatura pálida, parecida com um manequim, conhecida como “Tara, a androide” (“Tara the Android“, em inglês), que canta o título do vídeo por meio de um programa simulador de voz, algo como um sistema de autotune, muito conhecido no meio musical como um artifício que “conserta” a voz cantada em uma gravação no qual as notas vocalizadas podem ser editadas, acompanhada de um sintetizador que toca notas aleatórias ao fundo.

Tanto as notas sintetizadas quanto a voz (que supõe-se que são de Tara) não possuem harmonia alguma entre si e a androide aparece em várias posições estáticas, entre um corte e outro no vídeo, movendo somente a cabeça, mãos e sua boca, por vezes. Tara somente aparece com diferentes roupas e, em alguns momentos, em um  cenário que parece mais um campo em uma vizinhança, ou mesmo o quintal da casa de alguém, conforme poderá ser visto no vídeo.
Pessoas que assistiram ao vídeo dizem que podemos ouvir Tara dizer em algumas partes “Please, leave” (“Por favor, saia”), seguido repetidas vezes por “Run” (“Corra”), sempre com a câmera travada na androide. O silêncio ensurdecedor inspirado pelo vídeo se dá pelo fato de que nada foi descoberto a respeito de quem, como, onde e, principalmente, porque o vídeo foi feito. Um dos boatos sugerem que o músico John Bergeron teria criado a androide e a jogado fora, ou algo parecido. Porém, mais rumores sugerem que a androide foi “adotada” por um assassino em série, o qual teria vestido a androide com roupas usadas por suas vítimas.
A descrição do vídeo faz uma breve referência à lenda grega de Pigmaleão, um escultor e rei da antiga ilha de Chipre, o qual tentara esculpir uma mulher perfeita, pois considerava a todas as mulheres que vira como mundanas demais para merecer seu amor. Confira o vídeo a seguir:

Também está intrigado? Comente suas impressões e teorias para a gente!

Você também pode gostar de