Curiosidades, Saúde

Você sabia que a Vitamina D não é uma vitamina?

A Vitamina D é muito importante para o nosso organismo, podendo causar até mesmo raquitismo quando o corpo fica com falta da mesma. Porém, você sabia que ela não é uma vitamina de verdade?

A Vitamina D é muito importante em nossa dieta, sendo facilmente encontrada em óleos de fígado de peixes e também alimentos derivados do leite como manteiga e queijo. O curioso é que a mesma pode ser alterada, tendo menores quantias em cada produto durante o inverno quando comparado com o verão. Devemos ingerir diariamente a média de 0,0155 mg da ‘vitamina’, sendo a quantia máxima por dia de 0,1mg, já a dose tóxica é de 0,25mg. Quando ela é atingida você poderá ter calcificação excessiva do osso e também endurecimento dos rins, pulmões, vasos sanguíneos e coração. Dentre os sintomas estão dores de cabeça e náusea, perda de apetite, vômitos, constipação, diarreia, boca seca e gosto metálico.

Mas vamos ao assunto chave desta matéria, se a Vitamina D não é uma vitamina… Ela é o que? Vitamina D é a denominação geral dada ao grupo de compostos lipossolúveis antirraquíticos e colecalciferol. Em sua estrutura encontramos o isopreno formado por um dos anéis do ciclopentanoperidrofenantreno (colesterol) assim criando um seco-esteroide. Ele se apresenta como vitamina D2 (ergocalciferol) e vitamina D3 (colecalciferol). Ou seja, em resumo, a Vitamina D é na verdade um hormônio esteroide lipossolúvel. Ufa, que confuso.

Então, toda a vez que alguém disser que você precisa de vitamina D, agora você pode contar que a vitamina D não é uma vitamina, mas sim um hormônio do tipo esteroide que é solúvel em lipídios. Bizarro não e mesmo? Conclusões como esta me fazem pensar em o que mais eu fui enganada nesta vida… Kkkk. E você? Deixe seu comentário logo abaixo e me faça feliz!

Leia Também: